Sentindo na Própria Pele – Mônica de Castro

06 dezembro 2018

Sentindo na Própria Pele / Mônica de Castro / Pelo Espírito Leonel / 371 Páginas / Editora Vida & Consciência / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oooieee!

E depois de ler romances de autores desconhecidas para mim, me joguei em uma tradicional: Mônica de Castro

Acabei relendo Sentindo na Própria Pele, primeiro livro de uma trilogia que conta também com “Com O Amor Não Se Brinca” e “Lembranças Que o Vento Traz”.

Bora para a resenha?

Foto Colorida: Saraiva

SINOPSE:

O primeiro romance de Mônica de Castro publicado pela Editora Vida & Consciência é também o primeiro da trilogia seguida por Com o amor não se brinca e Lembranças que o vento traz. No início do século 19, o Brasil vivia em plena escravatura. Tonha, aos nove anos, é trazida da África como escrava para servir Aline, filha de um rico fazendeiro. Sua história de vida e suas lembranças são resgatadas neste lindo romance escrito em parceria com o espírito Leonel.

Esse romance histórico tem como protagonista Tonha, que aos 97 anos e livre da escravidão, resolve contar a sua história de vida para Luciano e Clarissa.

Conhecemos a sua chegada ao Rio de Janeiro e como Mudima passa ser Tonha, que se torna uma “boneca humana” nas mãos de Aline-criança e depois sua amiga para todas as horas quando ambas ficam adultas.

Ao longo da narrativa, Mônica vai nos mostrando os outros personagens com suas trajetórias que acabam se entrelaçando com Tonha e Aline.

Quanto a questão de sensibilidade / mediunidade / espiritualidade: No começo foca mais na tradição africana (que hoje conhecemos como Umbanda) e alguns personagens com intuições fortíssimas.

Aos poucos é mostrado ao leitor como os personagens atuais foram em outras vidas. E praticamente no fim nos mostra os motivos e as ligações passadas entre a maioria.

Como, aparentemente, injustiças acabam sendo justiças. E toda ação tem reação, mesmo que ocorra em outra encarnação.

E por ser o começo de uma trilogia, o livro termina com um gancho para os próximas obras.

Curti tanto a leitura quanto a releitura e agora me sinto mais que apta para “seguir” em frente. 🙂

Onde Achar:

(Blog ganha comissão por venda)

Fan Page do Blog:

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 🙂

(1) Comentário
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • […] obra faz parte de um trilogia e é a continuação de Sentindo na Própria Pele (Resenha aqui). Os únicos personagens permanentes são Tonha, Palmira, Terêncio, Camila Constância e […]