Hidratando a Alma: Palestra “Entendendo e Melhorando os Nossos Relacionamentos” – Rafaela Motta

16 junho 2019

Oooieeee!

Bora hidratar a alma nesse domingão? Booooraaa!

Essa semana aconteceu o dia dos namorados e fui procurar pelas internê algo relacionado ao assunto ou parcialmente.

Encontrei a palestra espírita Entendendo e Melhorando os Nossos Relacionamentos feita pela Rafaela Motta no dia 24 de maio de 2019 na Comunhão Espírita de Brasília.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

Rafaela começa falando de como entender os relacionamentos, como eles se dão e algumas ideias de melhoramento.

Lembra que a maior meta de todo ser humano é ser feliz e se está sempre em busca dessa felicidade, além de projetarmos a mesma nos mais diversos fatores.

Fala que o processo de evolução é sairmos de uma inconsciência para uma consciência e tomar noção da sua natureza, daquilo que você já é.

Comenta falando que temos a liberdade de escolher o nosso caminho, mais não a liberdade do destino. Diz que quem cria as circunstâncias diárias somos nós mesmos, inclusive da própria consciência.

Fala do quanto o despertar gera desconforto e começa a discorrer sobre as questões cerebrais e as resistências as mudanças.

Motta diz sobre a necessidade de arrumar a lente de como enxergarmos as circunstâncias das nossas existências e da importância de melhorar o relacionamento consigo mesmo.

Lembra que é preciso entender que todos são iguais na origem, essência e destino, o que diferenciado é o caminho por causa do livre arbítrio.

Comenta dos relacionamentos de modo geral e das crenças arraigadas na mente sem nem compreender os motivos das mesmas, como por exemplo a questão do casamento.

Diz sobre as crenças educacionais, culturais e individuais, que elas são geradas a partir de traumas e repetições e assim forma-se pensamento e sentimento.

Rafaela fala de como os relacionamentos que chegam são tratados e o que a pessoa faz com as oportunidades que aparecem para ela.

Comenta a necessidade da prática do auto amor para avaliar as crenças pessoais ou aquelas colocadas ao longo da vida.

Relembra que para iniciar um hábito é preciso repetição e quando a pessoa quer, ela faz. E pergunta até que ponto a pessoa está disposto a ir por causa da suas escolhas.

Diz sobre a crença espírita de que como evoluir é difícil e cita O Livro dos Espíritos onde Kardec comenta sobre as evoluções diárias insignificantes.

Rafaela também lembra sobre as pessoas desejarem evoluir com receitas prontas sem fazer algum esforço. Comenta que Deus não castiga e a Justiça Divina são consequências e quando há percepção da vida, muitos carmas são expulsos sem o indivíduo precisar passar por aquilo.

Discorre sobre a importância de cuidar das dores, olhar e cuidar das mesmas e que o auto amor é olhar para o sofrimento dando a atenção responsável de se auto curar, principalmente emocionalmente.

Por fim, comenta que não é necessário se fazer de vítima para ser amado e ter atenção. Também diz que o processo de entendimento é individual, ninguém pode fazer pelo outro e nenhum aprendizado é de fora para dentro e sim o inverso.

Minha geeeeenteee! Eu adoreeeei ela. Se a primeira palestra dela foi assim, o que dirá as outras. Que sensação maravilhosa de estar ouvindo uma amiga e não uma palestrante. E precisamos de mais pessoas que falem galera e JC em palestras. Acho que aproxima taaaanto o Espiritismo das pessoas esse tipo de abordagem.

Permita-se e veja a palestra da Rafaela. 🙂

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(1) Comentário
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • […] Resenha completa aqui. […]