As Vidas de Virgínia: Suicídio Nunca Mais – Francisco Faustino Costa

08 julho 2019

As Vidas de Virgínia: Suicídio Nunca Mais / Francisco Faustino Costa / 117 Páginas / Editora O Clarim / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oooieeee! Tutu pom? 😛

Daí encontrei As Vidas de Virgínia: Suicídio Nunca Mais no Kindle Unlimited, me joguei e não me arrependi.

Bora para a resenha conferir todos os detalhes?

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Qual pode ser a causa de um suicídio? E quais as consequências para quem o comete, como para os entes queridos que sobrevivem a essa tragédia, muitas vezes insuportável às mentes fracas? Não há como fugir da Lei de Causa e Efeito. Devemos ser resignados diante dos percalços da vida, mas não acomodados. Conheça o exemplo de Virgínia, adolescente que apesar das limitações físicas e de uma gravidez indesejada, mantém-se disposta a viver intensamente.

O livro conta a história da jovem Virgínia, onde a mesma tem problemas nas pernas e que descobre estar grávida do seu namorado, Davindson.

Os dois marcam uma festa para noivarem, só que o moço fugiu com a ex namorada e deixa Virgínia desesperada.

Infeliz e sem saber o que fazer, ela planeja cometer suicídio até que a amiga Suélen lhe entrega um livro escrito por sua tia Bebé.

Virgínia começa a ler a obra e se depara com a vida de Laura, se identifica demais por parece muito com o que está acontecendo consigo atualmente.

Laura é uma moça e descobre estar grávida do namorado John. Dois dias depois ele precisa ir para uma missão secreta e ela acha que foi abandonada. No desespero comete suicídio e começa a viver todas as consequências do seu ato impensado.

Laura esteve presente na sua própria autópsia e sentiu todas as dores, no seu velório e enterro, assistiu a sua decomposição e depois foi levada para o Vale dos Suicidas onde ficou por 40 anos.

Resgatada, a moça faz amizade com outras meninas com o mesmo problema e juntas começam a conhecer a espiritualidade e o mundo espiritual.

A parte espiritual fica por conta de Samuel que as orienta em todos os momentos, inclusive na parte das diferenças do suicídio direto e indireto.

Laura também descobre os motivos da sua implicância com mulheres negras vem de rejeição de uma outra vida e pretende levar essa questão para sua nova vida.

Antes de reencarnar, a moça pede duas coisas: Que uma marca de nascença na perna permaneça e a sua história seja contada pra ela mesmo ler em sua nova existência.

Lendo, Virgínia começa a entender os motivos de estar passando pelos perrengues de ser abandonada grávida e porque estava pensando no suicídio.

Se esclarecendo, conversa com Bebé e então conhecemos o famoso todo mundo é médium. A senhora não quer nem ouvir falar em espíritos, diz que tudo veio da sua cabeça, porém, existem muitas palavras que ela não tem ideia de onde vieram.

Virgínia entende que Suélen foi irmã de Laura e a mesma também passa a entender a situação e os motivos de não poder ter filhos por causa do aborto provocado anteriormente.

Paralelo a isso, temos a história da paraplégica Vivian. Ela tinha tudo para se fazer de vítima em período integral, mais prefere ser alegre e faz todos rirem a sua volta. Mostra que deficientes também possuem vida e sentimentos como qualquer ser humano.

Por fim, Virgínia descobre o grande mau entendimento ocorrido e se casa com Davindson. Ou seja: Venceu suas provas e expiações com louvor e seu espírito quitou um débito antigo quando não foi impulsivo novamente.

A leitura é fluída e envolvente. o texto é de fácil compreensão a todos. Quem tiver tempo consegue ler em um dia.

No Espiritismo se fala muito que em algumas épocas da vida acontecem os mesmos fatos de vivências anteriores para sermos testados e passarmos, ou não. Sabe prova do colégio? Exatamente isso.

Virgínia chegou na mesma idade de Laura e as provas começaram. Tudo bem parecido e os avisos foram dados. Ao contrário de Laura, Virgínia decidiu ouvir de algum modo a Espiritualidade e venceu os desafios.

Eu simplesmente adorei demais esse livro. Nossa! Sensacional! E verdadeiro demais também. Estou sem palavras. Ótima ideia a questão do livro, vou copiar e dar a sugestão futuramente também.

Por fim, sempre lembrando: Pensa em suicídio? Entre em contato com o Centro de Valorização da Vida: https://www.cvv.org.br/ Funciona o ano todo, não somente no setembro amarelo. 😉

Onde Achar:

Disponível somente em formato e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Já leu As Vidas de Virgínia? Me conta a sua experiência literária nos comentários. 😉

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

2 Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

2 Comentários

  • […] e acha que não tem condições para Memórias de Um Suicida, eu indico As Vidas de Virgínia (Post aqui). É uma obra mais moderna e prática. […]

  • URL
    jul 23, 2019

    … [Trackback]

    […] Read More: hidratarvicia.com.br/2019/07/08/as-vidas-de-virginia-suicidio-nunca-mais-francisco-faustino-costa […]