Amor Entre Guerras – Sarah Kilimanjaro

10 outubro 2019

O Amor Entre Guerras / Sarah Kilimanjaro / Pelos Espíritos Vinícius e Vittore Bergamasco / 336 Páginas / Petit Editora / ☆☆☆☆☆

Skoob

Oooieeee!

E a obra enviada pelo Clube do Livro Boa Nova de junho foi Amor Entre Guerras da Sarah Kilimanjaro em parceria com os espíritos Vinícius e Vittore Bergamasco.

Bora conferir todos os detalhes na resenha.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Em uma colônia espiritual, dois espíritos planejam reencarnar. Eles já não possuem a maldade atinente a seres inferiores, sabem que enfrentarão difíceis momentos de resgates coletivos e que poderão contribuir com a espiritualidade maior, num planeta mergulhado na degradação moral. Nícola nasce na Itália, mas vive a maior parte do tempo entre a Bolsa de Wall Street, em Nova York, onde trabalha para a tia milionária. Mariluza nasce no Brasil e, desde a adolescência, os dois já se encontravam em desdobramento, no plano espiritual, em episódios que consideravam sonhos. No plano físico, os dois se conhecem um pouco antes de ser deflagrada a Segunda Guerra Mundial, que promoverá perdas e graves sequelas, ensejando aos personagens a oportunidade de superar os obstáculos por meio do amor incondicional.

O livro se passa entre o fim da Primeira Guerra Mundial e o começo da Segunda e tem como protagonistas o italiano Nícola e a brasileira Mariluza.

Ele possui cidadania americano, é mimado, vaidoso, não se prende amorosamente com ninguém e depois de perder os pais em um acidente tem como parente somente sua tia Mariô. Ela é brasileira, órfã de mãe, é mimada pelo pai, até então vive em uma bolha e vive esperando encontrar o rapaz que sempre aparece em seus sonhos.

Por causa disso embarca junto com a tia para Itália e a partir de então vários encontros e desencontros surgem ao longo da jornada. Malu acaba conhecendo de verdade o rapaz que sonha desde criança: Nick. A identificação é imediata e eles iniciam um relacionamento.

Os problemas surgem quando Nick começa a ser perseguido pela milícia de Duce, pois os mesmos tem certeza dele ser um informante americano. Muitas armadilhas vão surgindo ao longo da narrativa, até sobrar também para Mariluza.

Enquanto Nick está envolvido com a guerra, Mariluza vira escrava de Hitler e tem como missão entretê-lo tocando piano. Sem suporte emocional para lidar com toda a situação, ela também fica debilitada em todos os aspectos a ponto de ficar cega.

Mariluza consegue ser resgatada pelo pai, e assim, começa a sua saga de recuperação moral, emocional e espiritual. E com um agravante: Ela está grávida. Ao mesmo tempo, Nick também começa a sua jornada pós guerra, torna-se fotógrafo e faz sucesso com as fotos que tirou durante o martírio na Itália.

A parte espiritual do livro fica por conta de Mariô com uma espiritualidade e mediunidade marcantes e sempre dando “opiniões” certeiras. Mariluza é o ponto oposto: Com sua mediunidade aflorada e desregrada, é vítima de muitas influências e lembranças a ponto de desmaiar diversas vezes.

O texto é de fácil entendimento a todos e a leitura é mega envolvente a ponto de devorar o livro. É cada plot twist de ficar zonza.

Um ponto mega positivo é que a autora, dentro da obra mesmo, vai explicando os fatos da época. Não é necessário entender de história ou ir pesquisar no Google para situar-se.

Foi meu primeiro contato com a autora e adorei demais. Fico me perguntando como nunca tinha pego nada para ler da Sarah antes.

Onde Achar:

Disponível somente em formato físico:

(Blog ganha comissão por venda)

Já leu Amor Entre Guerras? Me conta a sua experiência literária nos comentários. 😉

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário