Hidratando a Alma: Palestra “Sono e Sonhos. O que representam?” – Maristela Santos

26 abril 2020

Ooieeee!

Bora hidratarmos a alma nesse domingão e a palestra espírita de hoje é com Maristela Santos e o assunto O Sono e os Sonhos. O que representam?. O evento foi realizado no dia 11 de Junho de 2016 no Centro Espírita Léon Denis no Rio de Janeiro – RJ.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

A palestrante começa falando sobre o capítulo Emancipação da Alma no O Livro dos Espíritos que aborda o sono e os sonhos. Comenta sobre a atividade natural do sono, a necessidade do corpo físico renovar as energias e reparar as forças físicas.

Lembra que possuímos a vida material e espiritual e, para isso, precisamos do corpo físico. Traz um paralelo com a roupa, onde usamos por um determinado período e depois passamos para frente e o mesmo vale para o corpo, onde depois de um tempo, o espírito continua, pois a alma sobrevive ao tempo e ao corpo físico.

Aborda as questões dos pensamentos e fala do espírito ter a vontade e o corpo ser o executador das ordens. Comenta sobre o perispírito e sua função junto ao espírito e corpo físico e também o desprendimento do mesmo.

Maristela comenta que o sono é um treino para a morte, pois dormimos todos os dias e, com isso, o espírito liberta-se do corpo físico. Também discorre sobre as diferenças dos espíritos muito apegados a matéria e aqueles mais desprendidos.

Fala sobre os laços fluídicos e lembra histórias clássicas sobre a questão de “estar fora do corpo”, relembra não precisar dormir 8 horas para ocorrer a emancipação da alma e, então, entra nas questões dos sonhos.

Lembra que na volta do sono, o espírito carrega várias impressões, discorre sobre algumas pessoas lembrarem de tudo e outras não e os motivos desses esquecimentos.

Comenta as diferenças dos sonhos fisiológicos que são uma continuação do dia e os sonhos espirituais, onde os mesmos ocorrer por instruções dos espíritos. Diz que mesmo a pessoa não lembrando o sonho, o importante é o espírito ter aprendido.

Maristela lembra daqueles que acharam que dormiram depois do desencarne e isso realmente acontece, muito por forte condicionamento. Discorre os motivos do qual acordamos cansados, sobre o espírito ser livre e ser atraído por afinidade, ou seja, podemos ir para lugares com estudo ou para ambientes que sentiríamos vergonha s estivéssemos acordados.

Por fim, comenta sobre os humores de quando nos levantamos, a responsabilidade do médium / espírita na hora do sonho, a lei do progresso e o livre arbítrio, como o sono influencia o sonho mais do que se imagina, a importância do relaxamento antes de dormir, a sintonia, a ligação da emancipação da alma com a mediunidade e dá o exemplo da Yvonne do Amaral Pereira, aborda os sonhos proféticos e premonitórios e diz que nem todos os sonhos vão acontecer por causa da interpretação errada por n motivos.

Não conhecia a Maristela, mas gostei da sua forma direta e “simples assim” de abordar o assunto. Tudo esclarecido com muito aprendizado e direto aos pontos. Curti muito!

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário