Hidratando a Alma: Palestra “Lei de Conservação e Lei de Destruição” – André Trigueiro

31 maio 2020

Oooieeeee!!!

Bora hidratar a alma nesse domingão com a palestra espírita que hoje é com André Trigueiro. O evento foi realizado no dia 13 de março de 2020 na XXII Conferência Estadual Espírita em Pinhais, interior do Paraná e teve como assunto Lei de Conversação e Lei de Destruição.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

O palestrante começa falando sobre seus familiares paranaenses, dos seus estudos desenvolvidos a mais de 30 anos e o quanto o Estado é palco de lutas a favor da vida e do equilíbrio ecológico.

Fala sobre a primeira vista do espaço e o quanto o mesmo abalou o psiquismo humano porque se deram conta da pequenez do individuo e sua vulnerabilidade. Relembra que muitos astronautas voltaram do espaço engajando-se nos movimentos pacifistas ou com novas disposições religiosas por entenderam o quanto somos pequenos, a Terra é a nossa casa planetária neste momento e a necessidade de entendermos isso para não acelerarmos a destruição dos recursos naturais da vida.

Discorre que a 111 anos a codificação da Doutrina Espírita já trazia informações remetidas ao conhecimento do planeta e do próprio indivíduo. Aborda O Livro dos Espíritos e o quanto as pessoas estão no planeta, o planeta está dentro de cada um e tudo que está fora também está dentro e vice-versa.

A partir de então começa a falar sobre as questões do planeta, iniciando pela terra. Diz que tudo que mudo na natureza repercute dentro do organismo. Depois fala da água e a importância da hidratação natural com a água. Chega no ar e o quanto o mesmo é fundamental. Dá exemplos dos soterramentos em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, o quanto a Índia se preocupa com o ar e a respiração e as funções energéticas da meditação e yoga.

Fala sobre os motivos de estarmos acelerando a degradação da Terra, de não existir um plano B e como algumas questões problemáticas ambientais atuais estão interligadas com o Espiritismo. Depois discorre sobre o aquecimento global, as extinções em massa relembrando que o covi-19 veio do mesmo lugar do surgimento das gripes suína e aviária e o quanto o ser humano acelerou a mutação viral dessas três doenças, como ocorreu a banalização do homem com os animais e o quanto absorvemos da energia dos bichinhos abatidos.

André continua suas explicações com a abordagem sobre a água, o lixo e relembra ser uma invenção do ser humano porque o mesmo não existe na natureza. Fala dos agrotóxicos, sobre o antropoceno que significa uma nova era geológica, onde não é mais possível explicar o planeta sem o indivíduo por ele já ter interferido tanto nas questões ambientais. Aborda o ecocídio, o pioneirismo do papa Francisco e conta histórias da Igreja Católica.

Comenta sobre o que a Doutrina Espírita diz sobre a crise ambiental com base na codificação escrita por Allan Kardec, as palavras chaves do meio ambiente surgidas no Espiritismo e depois passadas para o todo e lembra que tudo que aparece no meio material, em algum momento desaparece para dar lugar a algo mais sofisticado, complexo, elaborado e evoluído.

Por fim, cita o quanto a destruição imposta, apressada e criminosa atinge a lei da evolução e retarda os processos evolutivos, faz a comparação do necessário com o supérfluo, a diferença entre consumo para consumir ou desperdício, da não necessidade de fazer voto de pobreza e sim exercitar a simplicidade, as questões ambientais dentro dos Centros Espíritas, a problemática dos copinhos plásticos e a importância do pensamento coletivo.

André como sempre dando uma aula de ambientalismo misturado com Espiritismo. Incrível! E ainda dando exemplos no cotidiano para melhor entendimento.

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário