Uma Carta de Bezerra de Menezes – Bezerra de Menezes

27 novembro 2020

Uma Carta de Bezerra de Menezes / Bezerra de Menezes / 160 Páginas / Editora FEB / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oiiiieeeee!!!

E daí resolvi ler Uma Carta de Bezerra, que foi lançada pela Editora FEB e se trata de uma correspondência enviada por Bezerra para o seu irmão totalmente descrente na Doutrina Espírita.

Partiu conferir todos os detalhes na resenha abaixo.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

A obra encerra o conteúdo de uma correspondência enviada por Bezerra de Menezes a seu irmão que, àquela época, o recriminava por haver abraçado a Doutrina Espírita. Elucida relevantes temas como: antecedentes históricos do Espiritismo, Inferno e reencarnação. O autor expõe tese doutrinária que constitui verdadeira profissão de fé espírita, em bem articulada argumentação que se antepõe ao dogmatismo da religião do seu correspondente. Esta edição é enriquecida por 335 notas explicativas.

Ao todo a obra possui 10 capítulos, sendo dois prefácios (Valioso autógrafo e Explicação Necessária), um posfácio, aviso de publicação, a carta em si, notas, cosmogonia espírita e apontamentos bibliográficos. Para quem é ou gosta de biblioteconomia vai adorar a estrutura do livro.

A carta em si tem como título A Doutrina Espírita como Filosofia Teogônica e é totalmente endereça ao seu irmão Soares com o objetivo de abrir os olhos espirituais do mesmo. Durante a narrativa, Bezerra vai descrevendo os preceitos históricos religiosos de forma ampla misturando com a sua vivência cristã e espírita. Sabe aquele jeitinho de tentar convencer o outro contando a sua própria história!? Pois bem. É exatamente isso que o escritor faz e que muitos de nós fazemos também.

Além disso, Bezerra vai desconstruindo todas as falas do irmão com argumentos plausíveis. Também discorre sobre a origem do Espiritismo, os outros líderes religiosos como Moisés, Jesus e Buda, a purificação, a diferença da justiça de Deus e dos homens e depois chega na igreja, no Cristianismo e na mediunidade de forma geral. Uma parte que chamou muito a minha atenção foi quando ele citou a comunicação daqueles que partiram. Naquela época, as informações demoravam para chegar e acabava se tornando comum o morto avisar espiritualmente no momento e dias depois chegar a confirmação. Atualmente esse processo é quase instantâneo, mas ainda assim, é possível o falecido avisar no momento o seu desencarne.

Colocando no papel, a carta teve tranquilamente umas 10 páginas. E quem ganhou fomos nós com o conteúdo riquíssimo existente nela. Uma aula de história, Espiritismo e mediunidade.

O texto é de fácil entendimento e a leitura é mega fluída. Tendo tempo se consegue ler em um dia.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 🙂

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário