Hidratando a Alma: Palestra Os Desafios dos Espíritas no Século XXI – André Trigueiro

10 janeiro 2021

Oooieeee!!!

Partiu hidratar a alma nesse domingão com a covidlestra que hoje é com André Trigueiro. A live aconteceu no dia 22 de Novembro de 2020 e teve como assunto Os Desafios dos Espíritas (E dos Espiritualistas em Geral) No Século XXI.

O André costuma fazer diariamente em seu canal no Youtube o quadro Papo das 9. Por ali ele aborda os mais variados temas do cotidiano, atualidade e também questões espirituais. Um dia desses, ele acabou falando sobre o tema em questão.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

Ele inicia falando de como chegou ao assunto proposto e os objetivos de falar sobre o assunto. Depois comenta sobre a importância de reconhecer o momento histórico pelo qual todos estão passando, do Espiritismo ser jovem e dá o exemplo de como os budismo e seus adeptos estão lidando com os dias atuais.

Comenta sobre os líderes de outros segmentos como a Igreja Católica e o quanto o papa Francisco tem um discurso modernizado e com ajustes sem perder a essência do catolicismo. Depois lembra o entendimento do espírita de cada etapa reencarnatória na Terra ser oferecido um combo de oportunidades e desafios e que cada época tem a sua singularidade.

Após começa a discorrer sobre algumas questões levantadas por ele sobre os maiores desafios e inicia falando sobre o reconhecimento do perímetro, o período histórico e de como reconhecer o verdadeiro espírita nestas questões.

Lembra que espírita não se trata da quantidade de vezes que se vai ao Centro Espírita e na Espiritualidade ninguém vai medir esse quesito, nem quantos livros foram lidos e quantos estudos foram realizados. E o verdadeiro reconhecimento é a pela transformação moral de dentro para fora.

Depois fala sobre o trabalho de esculpir diariamente a personalidade do indivíduo lhe emprestando novas formas espirituais e virtudes e comenta que tempo em evolução espiritual é apenas uma variável e não um fato determinante. Diz sobre as encarnações perdidas com deslumbramento com a matéria e a priorização com aquilo que não guarda relação com o espírito imortal.

Logo após, André inicia a enumeração de alguns itens para reflexão, começando pela dispersão e seguindo pelo consumismo, excesso de informação, auto gestão, a importância de ser um bom navegador do próprio GPS e a vida espiritual ser consciente.

Lembra sobre o estudo ser fundamental para os espíritas, porém, existe também a importância da prática seguindo a frase fora da caridade não há salvação, ou seja, todo estudo pode resultar em um nada espiritual se apenas for acumulado informações e somente desenvolver o intelecto.

Depois volta a discorrer sobre os itens, falando sobre reconhecer os valores dominantes da sociedade em que se está inserido, o deslumbramento com o consumo, o culto a eterna beleza e reconhecer os momentos de tristeza e melancolia.

Cita sobre as tradições espirituais e a religião de resultados, onde a maioria procura o Espiritismo para resolver imediatamente uma dor. Comenta sobre a Doutrina Espírita não ser uma religião de resultados e não é prometido a ninguém que chegue na Casa Espírita com uma dor e saia de lá sem nada. Fala que a única coisa prometida é o auto conhecimento e relembra os outros segmentos espirituais que estudam as obras codificadas escritos por Allan Kardec.

Por fim, fala sobre a linguagem utilizada sem prejudicar os originais, os desafios das editoras de como se comunicar, as perseguições criminosas com os terreiros de Umbanda e Candomblé no Rio de Janeiro e o histórico de perseguições ocorridas com o Espiritismo nos tempos antigos.

Sabe aquela pessoa que você acha sempre falar por você? Pois então! O Trigueiro me representa e parece sempre estar falando por mim. Incrível em todos os aspectos. E super recomendo os outros vídeos do Papo das 9.

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário