Hidratando a Alma: Palestra “O Voo do Espírito” – Adenáuer Novaes

25 agosto 2019

Oooieeee!

E para hidratarmos a alma nesse domingão a palestra espírita vem por indicação de uma seguidora no Instagram e é com o Adenáuver Novaes.

O evento aconteceu no dia 10 de janeiro de 2019 na Fundação Lar Harmonia em Salvador (BA) e teve como assunto O Voo do Espírito.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

Inicialmente ele conta a história de uma jovem que via espíritos e como esse fato desencadeou nele uma situação incomum.

Lembra sobre muitos desencarnados tentarem proteger seus entes queridos e acabam obsediando os mesmos ou aquele protegido acha isso.

Diz não ser fácil aceitar a imortalidade do espírito ou a reencarnação, pois sempre fomos bombardeados por informações contraditórias a esse respeito e outros assuntos também. E aqueles que compreendem, não conseguem colocar na prática.

Comenta para não aceitar mais as palavras acreditar ou crer ou receber ameaças “religiosas” tão comuns ao longo dos anos.

Fala sobre o Espiritismo ser uma doutrina evolutiva e é melhor rejeitar 9 verdades do que aceitar 1 mentira, de precisar colocar no papel a liberdade e a realidade, de caber a pessoa colocar a prova aquilo que assimilou e da entrega ao indivíduo a responsabilidade das suas ações.

Lembra a necessidade de encarar de forma madura a mediunidade e os espíritos e conta a história da sua paciente.

Comenta sobre a própria pessoa levar e trazer o mal a ela mesma e de não adiantar viajar para espairecer porque os espíritos vão junto.

Novaes comenta sobre assumir a liberdade de ser e somente uma situação pode curar a solidão da alma: O encontro com o Divino. E que o voo do espírito começa com a ascensão da liberdade e da própria pessoa determinar o seu destino.

Diz ser a própria pessoa que fez a situação chegar naquele determinado ponto em decorrência de muitos fatores, principalmente o de outras vidas.

Lembra a história dos smartphones e só não reduzimos a nossa ignorância porque a vida conduz para outras situações.

Adenáuer fala que o pensar e sentir é a garantia da existência como espírito e isso ninguém tira e o principal concorrente é a própria pessoa e não os outros.

Conta a história das pessoas irem na Igreja e também ao Centro Espírita como “garantia” espiritual.

Fala da necessidade da pessoa ser ela mesma, independente de onde estiver e tanto encarnada quanto desencarnada. E o que fazer quando tornar-se consciente e fala de uma passagem sua de quando tomou consciência espiritual.

Por fim comenta que a atuação no mundo de cada um não é para provar nada para ninguém e sim ter propósitos maiores e aprendizados, é transitar nas diversas dimensões espirituais e psicológicas. Diz também sobre não ter vergonha do seu caminhar e sua história. E que o voo do espírito passa pelos exercícios e pela liberdade de escolha.

É incrível como o Adenáuer consegue falar com tanta naturalidade e leveza sobre os assuntos espirituais. Fico boba! E a palestra é um complemento excelente do livro com o mesmo título (Post aqui). Aprendizado puro.

Obrigada, Elyssandra! Mais uma vez.

Começa a partir de 23:13

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário