Hidratando a Alma: Filme E Se Fosse Verdade – Mark Waters

21 março 2020

Oooieeee!

Bora hidratar a alma? Booooraaaa! O filme espírita de hoje é: E Se Fosse Verdade, lançado em 2005, com direção de Mark Waters, tem a participação de Mark Ruffallo e está no catálogo da Amazon Prime.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

SINOPSE:

David Abbott (Mark Ruffalo) alugou recentemente um belo apartamento em San Francisco. A última coisa que ele gostaria era dividi-lo com alguém, mas logo surge uma jovem bonita e controladora, chamada Elizabeth (Reese Witherspoon), que insiste que o apartamento é seu. David imagina que houve um grande mal entendido, até Elizabeth simplesmente desaparece. Ele muda a fechadura de casa mas isto não impede que Elizabeth ressurja, sempre aparecendo e sumindo como se fosse em um passe de mágica. David fica então convencido de que Elizabeth é um fantasma e passa a tentar ajudá-la a passar para o “outro lado” do pós-vida. Só que ela está convencida de que também está viva e se recusa a fazer qualquer travessia.

O filme é um clássico, né minha gente!? E se você ainda não viu, teremos spoilers. Obrigada. De nada! 🙂

A obra conta a história da médica Elizabeth. Verdadeira workaholic, ela passa muito tempo no hospital onde trabalha e quase não tem vida social. Indo para casa depois de 26 horas de serviço, acaba sofrendo um acidente de carro e entrando em coma.

Os familiares colocam seu apartamento para alugar e David vai morar lá. Ele recém ficou viúvo e está de luto. Largou o trabalho de paisagismo e passa os dias bebendo e vendo filmes antigos da esposa.

Em uma dessas, o espírito de Elizabeth aparece sem aceitar que alguém esteja morando na sua casa. A partir de então, vamos acompanhar os desenrolar dos acontecimentos.

Descobrimos que David é médium e a situação agrava-se por estar com desequilíbrio emocional e espiritual. Elizabeth consegue utilizá-lo da forma que bem deseja tanto em benefício próprio quanto para “ajudar” os outros.

Em paralelo a isso, Elizabeth vai percebendo o quanto sua vida foi “desperdiçada” por ter dado total prioridade ao trabalho. Acaba abrindo seus olhos espirituais e como ser humano também.

O filme aborda as questões do luto, o desequilíbrio emocional e espiritual, a mediunidade infantil, as questões polêmicas do coma, a obsessão mesmo que de forma benéfica, os encontros espirituais programados pela Espiritualidade e a importância de termos uma vida saudável e não somente direcionada para uma situação.

Daí vem a pergunta: “Ju! Ela teve uma experiência de quase morte?” Não! Ela apenas se desprendeu do corpo e foi para um lugar onde ela se sentia bem, sem ter noção do que aconteceu. Isso também acontece com pessoas em coma. 🙂

Obviamente que o seu despertar é bastante surreal, porém, o contexto faz essa parte ser “esquecida”, digamos assim.

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário