Estudando o Evangelho – Martins Peralva

01 abril 2020

Estudando o Evangelho / Martins Peralva / 210 Páginas / Editora FEB /☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oooieeee!

Daí eu li Estudando o Evangelho do autor Martins Peralva. Ele está disponível no Kindle Unlimited e fiquei bastante curiosa porque já tinha lido Estudando a Mediunidade do mesmo autor e adorado demais.

Bora conferir todos os detalhes na resenha.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Estudo substancial sobre a necessidade da vivência dos ensinos evangélicos nos atuais momentos da vida humana, assinalados pelas importantes modificações por que passa a sociedade planetária. Conceitos e frases do Novo Testamento recebem comentários e interpretações à luz da Doutrina Espírita, adquirindo beleza e ação multiplicada. Em 58 capítulos, são desenvolvidos temas como: mocidade e trabalho, reencarnação e Evangelho, livre arbítrio e perdão. Não há quem não retire ensinamentos confortadores e edificantes das lições que o autor nos oferece visando, sobretudo, a transformá-los em diretrizes para as nossas almas.

A obra foi escrita em 1961 (Segura essa informação) e possui 58 capítulos sobre as principais partes do Evangelho e dos ensinamentos do Cristo à luz da Doutrina Espírita.

Assim como os livros As Dores da Alma e sua sequência do Francisco do Espírito Santo Neto com o espírito Hammed, Peralva vai pegando alguns assuntos importantes e conhecidos, inclusive com mais de dois capítulos sobre o mesmo tema, antes do texto vem uma frase já bastante comentada do grande público e depois discorre sobre o mesmo. Exemplo: Capítulo 38. A Força do Exemplo. “…vos dei o exemplo, para que, como Eu vos fiz, façais também vós” e começa a dar seu parecer sobre. Os capítulos A Mulher e o Lar possuem dois capítulos, já Jesus e Deus possuem três, Cristo e Lázaro tem 4 capítulos explicativos e Liberdade Cristã mais três. O restante são capítulos individuais.

O autor também comenta sobre o livre arbítrio e a livre escolha, mocidade e evangelho, renúncias, vigilância, reconciliação, riqueza, reencarnação e reajuste, cultura, pobreza, perdão, reencarnação e espiritismo, convivência, família, renovação, o processo evolutivo, a primeira escola, exemplos, entre outros.

Lembra que falei para guardar a informação do livro ter sido escrito em 1961? Pois é! Sendo assim, ainda possui a cultura da mulher ser somente para o lar, filhos e marido. Isso acontece nos capítulos A Mulher e o Lar e, nesse ponto, quase larguei a leitura. Depois fui compreendo e entendendo os conceitos da época. Para compensar, o restante da obra foi magnífica e com muitos conselhos edificantes.

Ao longo da narrativa, o autor também vai desmembrando algumas nomenclaturas e histórias. Um exemplo sobre as vidas de Jesus: Ele nasceu entre os animais e pastores na manjedoura. Viveu entre as mulheres, crianças e homens infelizes no mundo e morreu entre ladrões vulgares. Paralelos bem interessantes.

O texto, mesmo antigo, é de fácil compreensão e a leitura é fluída. E se você tiver “problemas” com machismo excessivo (que na época não era) dá um respiro fundo, entende o ponto de vista e segue o baile.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário