O Pequeno Médium – Roberto de Carvalho

17 dezembro 2020

O Pequeno Médium / Roberto de Carvalho / Pelo Espírito Basílio / 192 Páginas / Editora Benvirá / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Oooieeee!!!

Dando as minhas voltas pelo Kindle Unlimited, me deparei com o romance espírita O Pequeno Médium do autor Roberto de Carvalho em parceria com o espírito Basílio.

Sim! Na terça foi a teoria da mediunidade e hoje é a prática. 😛

Partiu conferir todos os detalhes na resenha abaixo.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Com a orientação do espírito Basílio, Roberto de Carvalho nos traz em ´O pequeno médium´ a história de Davi, habitante de um vilarejo às margens do rio Juás, no interior do estado de São Paulo. Órfão, criado por uma avó amorosa e dono de uma maturidade elevada para alguém de tão pouca idade, o menino, com seu comportamento incomum e introspectivo, desperta a desconfiança dos outros garotos da região e a preocupação de sua avó. É então que um desaparecimento inexplicável afeta os moradores da região. E Davi, que tem de ir em busca da verdade, acaba descobrindo e desenvolvendo sua habilidade especial: a de ver e se comunicar com os Espíritos. Com a ajuda de um desses Espíritos e de seguidores da Doutrina do espiritismo, Davi entra numa jornada em que confronta o ceticismo de autoridades e de outros habitantes da região, tentando pôr fim ao mistério e, quem sabe, impedir que uma grande injustiça seja cometida. Em uma trama cheia de surpresas e reviravoltas, o leitor descobre, junto com Davi, os laços que unem os Espíritos através de suas diversas encarnações, além de desvendar um outro sentido de nossa existência terrena e da missão que todos temos aqui.

A história é considerada atual e se passa em um pequeno vilarejo de lavradores, tendo como o Remanso do Areal do rio Juás o maior divertimento para as crianças e adolescentes.

Entre esses meninos estão o líder do grupinho chamado Rodrigo e o mais novo denominado Davi. Esse último tenta se ambientar, porém, possui forte sensibilidade e é criado pela avó Antônia, já que sua mãe desencarnou e ele não foi aceito pela madrasta quando o pai casou novamente.

No vilarejo também temos o Padre Noel e seus velhos preceitos preconceituosos contra a mediunidade e a espiritualidade. Com o passar dos dias, Davi tenta buscar um entendimento para seus suplícios espirituais e só encontra preconceito, o que acaba “trancando” a sua mediunidade o deixando com medo.

Tudo estava indo bem até Rodrigo desaparecer. O pai, precocemente, encontra um culpado e quase o mata, além de prejudicar sua casa e a irmã surda e muda. Com riscos de ser morto, o rapaz é preso até tudo ser esclarecido.

Quem ajuda a solucionar o caso e também a encontrar o corpo é Davi, pois o menino recebe, constantemente, a visita do desencarnado querendo ajuda. Em uma dessas, o garoto conhece Rosalina, que é filha de um médico muito conhecido da região e que prestava vários trabalhos voluntários para os mais necessitados.

É Rosalina quem ajuda Davi a compreender a sua mediunidade e iniciar seu processo de abrir os olhos espirituais e, consequentemente, ajudar o espírito de Rodrigo a ficar em paz.

O livro também aborda o pré-julgamento, a consciência pesada, os preceitos religiosos antigos, a forte obsessão, as questões de vidas passadas que interligam o presente e a mediunidade infantil e como lidar com ela.

As partes espirituais ficam com Rosalinda e seu pai que a auxilia mesmo desencarnado.

O texto é de fácil entendimento e a leitura é mega fluída e envolvente. Se você tiver tempo consegue ler em um único dia.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário