Hidratando a Alma: Filme Se Eu Ficar – R.J. Cutler

30 novembro 2019

Oooieeee!

Bora hidratar a alma nesse sabadão com o filme espiritualista de hoje: Se Eu Ficar. Lançado em 2014, tem direção de R.J. Cutler, é baseado no livro de mesmo nome da autora Gayle Forman e faz parte do catálogo do streaming Globo Play.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

SINOPSE:

Mia Hall (Chlöe Grace Moretz) é uma prodigiosa musicista que vive a dúvida de ter que decidir entre a dedicação integral à carreira na famosa escola Julliard e aquele que tem tudo para ser o grande amor de sua vida, Adam (Jamie Blackley). Após sofrer um grave acidente de carro, a jovem perde a família e fica à beira da morte. Em coma, ela reflete sobre o passado e sobre o futuro que pode ter, caso sobreviva.

A obra tem Mia como protagonista. Filha de dois roqueiros, a menina é apaixonada por música clássica e acaba se envolvendo com Adam que é totalmente seu oposto.

Tudo estava indo bem até Mia sofrer um acidente de carro com a família e ficar em coma. A partir de então acompanhamos a saga da moça vendo tudo que estava acontecendo fora do corpo.

Durante e narrativa, é mostrado as cenas da sua vida antes do acidente e naquele momento. Os prós e contras para ela voltar a vida ou não. Exemplo: Conversando com seu avó no carro e depois ele entendendo caso a menina quisesse partir e lhe dando apoio incondicional.

Fora do corpo, Mia descobre que está órfã, tenta cuidar do irmão também internado e não obtém sucesso, tenta fazer Adam chegar até o quarto onde está internada e descobre que foi aceita na faculdade de música.

O ponto alto espiritual é quando a enfermeira diz estar tudo na mão dela, era uma escolha que só ela poderia fazer. Um momento em específico, Mia realmente quis desistir de tudo.

Além disso, o filme aborda a questão dos opostos e como é possível conviver de forma saudável.

Daí vem a pergunta: “Ju! Ela teve experiência de quase morte?” Não! EQM é diferente de coma. Ambos saem do corpo, porém, na EQM você passa por um túnel, conhece seus mentores e tudo mais. No filme ela apenas ficou vendo tudo que se passava no hospital. Não chegou a conhecer “outro mundo”, digamos assim.

Eu já tinha lido o livro e visto o filme logo que estreiou. Reassistir mais madura espiritualmente te da uma compreensão sem igual.

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário