Bianca, Clara, Karina – Elly da Costa Capalbo e Marcelo Luís Occhiutto

09 abril 2020

Bianca, Clara e Karina / Elly da Costa Capalbo e Marcelo Luís Occhiutto / 256 Páginas / Ide Editora / ☆☆☆☆☆

Skoob

Oooieeeee!!!

Daí a Ide Editora me enviou o livro Bianca, Clara e Karina, escrito por Elly da Costa Capalbo e Marcelo Luís Occhiutto.

Partiu conferir todos os detalhes na resenha.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Bianca sonhava com o amor, Clara lutava contra ele, e Karina, que nem pensava nisso, encontrou-o. O amor, literalmente, veio bater em sua porta. Teriam essas mulheres algo em comum? Nada. Se não fossem a mesma. Carlo, um bon vivant, mantinha-se na liberdade dos que não amam, Rodrigo queria recuperar o amor a todo custo, e Carlos, sem saber, bateu na porta certa. Vidas diferentes, experiências adquiridas e a trajetória que, invariavelmente, levam-nos pelos caminhos do amor. Confie na sua intuição!

O livro é dividido em 4 partes contando a história de um mesmo espírito. A primeira conta a vida de Bianca e passa-se em 1590 no norte da Itália. A moça vivia com a mãe (Juliana) e o padrasto (Vicenzo). Ela estava passeando pelos campos quando conheceu Bruno, filho mais novo do conde Enrico Monti. Os dois se apaixonaram e estava indo tudo bem até o rapaz precisar viajar. Um dia, quem apareceu foi o irmão de Bruno chamado Carlo. Com personalidade totalmente oposta, ele conseguiu envolver a protagonista a ponto de engravidá-la. A partir de então acompanhamos todo o desenrolar da situação, inclusive com Bruno sabendo de tudo, os preparativos para o duelo, a consciência pesadíssima de Carlo, o que aconteceu com a criança e com a própria Bianca depois de anos.

A segunda história se passa no Brasil, na Fazenda Santa Clara e Bianca agora é Clara e Carlo é Rodrigo. Ela é filha de um fazendeiro rico, mimada e racista e ele é negro e escravo. Mesmo tendo um preconceito absurdo, os dois se envolvem. Tudo seguia na rotina quando o pai de Clara some e deixa tudo nas mãos da mãe de Clara, onde a mesma muda totalmente os modos do local, inclusive dando alforria aos negros. Tudo estava em ordem até a mesma desencarnar e a fazenda passar a ser administrada por Clara. A moça muda tudo de novo, muito em função da esperança do retorno do pai. Ao longo do tempo, Clara vai modificando seu comportamento e começa a ter alucinações e não sair mais da cama. Nessas horas, lembra da vida passada quando abandonou o filho e agora encontra-se abandonada. Em todos os momentos, desde do seu nascimento, tem o suporte e amparo emocional e espiritual de Maria da Conceição, empregada e braço direito da fazenda.

A terceira e quarta parte são os ajustes entre Bianca, Carlo e Lucius (o filho deles). Tanto dos trio quanto de pai e filho. Dessa vez Bianca / Clara agora é Karina. Uma moça humilde e Carlo é Carlos e o mesmo passa algumas horas fazendo trabalho voluntário. Em uma dessas, os dois se reencontram, a conexão é instantânea, e assim, começam suas provas e expiações juntos agora no plano terreno.

O texto é de fácil entendimento e a leitura é mega fluída e envolvente. Sabe aquela história que é impossível não torcer pelos personagens? Pois então!

Onde Achar:

Loja Virtual da Ide Editora

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário