Um Amor de Verdade – Zibia Gasparetto

13 novembro 2020

Um Amor de Verdade / Zibia Gasparetto / Pelo Espírito Lucius / 409 Páginas / Editora Vida e Consciência / ☆☆☆☆☆

SkoobGoodreads

Ooieee!!!

Chegamos no 26º livro escrito por Zibia Gasparetto e também do Projeto Lendo Zibia Gasparetto: Um Amor de Verdade, sendo a 22º obra em parceria com o espírito Lucius.

Partiu conferir os detalhes na resenha abaixo.

(Clique aqui para conhecer o conteúdo exclusivo no Instagram)

RESUMO:

Nina entregou-se de corpo e alma ao amor que sentia por André, mas foi abandonada por ele, que decidiu se casar com outra mulher por convenções sociais. Grávida e desiludida, Nina mergulha no trabalho e se torna uma advogada de respeito. Mas a vida coloca o antigo amor em seu caminho novamente, e ela se vê na posição de devolver na mesma moeda o desprezo e a humilhação por que passou até perceber que para viver um amor de verdade é preciso, acima de tudo, amar a si mesma.

Aqui temos um romance espírita atual e com 3 casais protagonistas vivendo quase a mesma situação.

O primeiro é Nina e André. Apesar de terem condições financeiras opostas, os dois viviam um romance feliz até André preferir largar tudo para se casar com alguém do seu meio. Grávida, Nina some no mundo e inicia sua vingança “do bem” para jogar na cara de André futuramente. O segundo é Angélica e Antero. Igualmente com condições sociais diferentes, acabam se envolvendo mesmo ele sendo noivo e estando prestes a se casar. Não querendo interferir na relação, Angélica não conta da gravidez, tendo ajuda do seu pseudo-sogro. O mesmo o cria como filho e Angélica torna-se uma pessoa atormentada por essas questões e acaba cometendo suicídio para se livrar das dores emocionais. O terceiro é Breno e Lúcia. Ele é sócio de André e ela vai trabalhar com Nina. Os dois possuem um longo relacionamento com uma filha, onde ela aceita ser a amante sem se importar desde que fique tudo bem entre eles. Já o rapaz possui um outro casamento com dois filhos.

A partir de então, vamos acompanhando as narrativas e as ligações entre o trio de casais, tendo como personagem central Nina e sua amargura e inconformismo por ser largada. O cenário principal acaba sendo o escritório de advocacia de Dantas. O mesmo e sua família são espíritas e começam a auxiliar emocional e espiritualmente todos os fatos que começam a acontecer.

Angélica, angustiada com a separação do filho, comete suicídio dentro do banheiro do escritório e por lá fica querendo ajuda, principalmente para desvendar a verdade sobre o seu menino. Nina tem papel principal nessa função e querendo ou não, fica de frente com suas próprias questões. Ou seja: A Espiritualidade fez de tudo para quebrar as altas paredes de rancor criadas por Nina.

Outro ponto importante da obra é a questão da mediunidade aflorada, não trabalhada e tratada como loucura. Neste quesito temos Milena que melhora tendo a ajuda da filha de Dantas chamada Marta. As duas tornam-se as partes espirituais e fundamentais das narrativas. Também é descoberto as mediunidades das crianças envolvidas na trama.

Além disso, a obra também comenta sobre perdão, as ligações dos casais e as vidas passadas, o quanto viver a Espiritualidade no bem quebra a Espiritualidade do mal e o respeito dos seres menos iluminados em relação aos mais iluminados.

O texto é de fácil entendimento e a leitura é mega fluída. Gostei bastante da obra por, desta vez, ser bastante direta e não ficar enrolando. E também por tratar da mediunidade de uma forma séria.

Próxima Parada: Nada É Por Acaso no dia 11 de Dezembro. Nem acredito que vou conseguir ler o livro antes do lançamento do filme.

Onde Achar:

Disponível em formato físico e e-book:

(Blog ganha comissão por venda)

Qualquer dúvida ou sugestão é só escrever nos comentários ou enviar um e-mail para contato@hidratarvicia.com.br

Beijos! 😉

(0) Comentários
Sobre
Ooooiee! Eu sou a Juliana, mais pode me chamar de Ju. :) Nasci e moro em Porto Alegre / RS. Sou Jornalista. Amo escrever. Sou espírita e adoro um hidratante corporal. Vem conferir como é normal ser espírita....ou vice versa. :P

Você pode também gostar

Comente pelo Facebook

Deixe seu comentário